CUCA DE DOCE DE LEITE E BANANA


Olás, tudo bem?
O nome "cuca" ou "cuque" vem do som da palavra "kuchen', que é bolo em alemão. Mas preciso confessar que comi cuca de banana a infância inteira e sempre relacionava o nome à jacarezona loira do Sítio do Pica-pau Amarelo. Criança faz as correlações mais peculiares, né?
Basicamente a cuca é uma sobreposição de massa, creme/frutas e farofinha crocante. Na receita original alemã, a massa é de rosca, com fermento biológico. Já para nós, aqui no Brasil, a massa mais comum é a de bolo mesmo, com fermento químico.
Há uma infinidade de recheios: em casa minha mãe só fazia Cuca de Banana com bastante canela. Depois, quando meus pais tinham padaria, as cucas eram assadas em fôrma de bolo inglês e variavam: tinha de banana, doce de leite, goiabada, geléia de morango. Mais tarde descobri ainda os sabores das cucas gaúchas - uvas, creme de confeiteiro, amoras, maçãs, mirtilos.
Como a versão bolo é mais prática e mais rápida, é sempre essa que faço quando tem banana madura demais sobrando na cozinha ou, como no caso desse final de semana, quando tem um pote de doce de leite com mais da metade na geladeira correndo sério risco de ser devorado às colheradas se não fosse usado rapidamente em uma receita. Sabe como é, né?
Um problema que sempre percebo na cuca é o perigo de ficar seca demais: além da farofinha crocante já ser sequinha por si só, as vezes a cuca, principalmente quando mais alta, leva mais tempo de forno do que um bolo normal, o que pode deixar as beiradas assadas demais. Por isso acho válida a combinação de um creme mais uma fruta no recheio, para equilibrar bem as texturas, e claro, o cuidado com a temperatura. Dessa forma não tem erro ;)
A receita é simplezinha! Espero que gostem :)

Cuca de Doce de Leite & Banana
[receita radaptada daqui, rendeu um bolo alto de 23x23cm]

Ingredientes para a farofinha:
1/2 xícara de farinha de trigo;
1/2 xícara de farinha de alguma castanha [amêndoas, castanha de caju, avelãs, ou substitua por farinha de trigo mesmo, se preferir];
1/2 xícara de açúcar refinado;
3 colheres de sopa [45g] de manteiga sel sal, gelada;
1 pitada de sal;
3/4 de colher de chá de canela em pó;
1 pitada de noz moscada ralada;
1/2 colher de chá de extrato de baunilha.

Ingredientes para a massa:
2 xícaras de farinha de trigo;
2 colheres de chá de fermento em pó;
1 pitada de sal;
3 ovos;
1 xícara de açúcar refinado;
1/2 xícara de óleo de milho ou canola;
1 colher de chá de extrato de baunilha.
1/2 xícara de leite.

500g de doce de leite cremoso, para rechear.
2 ou 3 bananas maduras e rodelas, para rechear.

Prepare a farofinha:
Junte todos os ingredientes em uma tigela e amasse com as pontas dos dedos até formar uma farofa com textura de areia molhada. Reserve na geladeira enquanto prepara a massa.

Prepare a massa:
Preaqueça o forno a 170 graus.
Unte uma fôrma de 23x23cm com manteiga, forre com papel manteiga e unte também o papel. Reserve.
Em uma tigela misture a farinha, o fermento e o sal. Reserve.
Você pode usar batedeira, mas fiz a receita toda na mão, com um fouet.
Em outra tigela bata o açúcar com os ovos até dissolver bem e ficar uma mistura clara e espumosa. Adicione o óleo e a baunilha e bata um pouco mais.
Junte a mistura de farinha de trigo peneirada, alternando com o leite. Misture até conseguir uma massa lisa e homogênea.
Espalhe a massa na fôrma preparada e alise com uma espátula.
Distribua colheradas de doce de leite sobre e massa e por cima espalhe as rodelas de banana. 
Espalhe a farofinha sobre tudo e leve ao forno por mais ou menos 35 minutos ou até que enfiando um palito de madeira no centro do bolo ele saia limpo.
Retire o bolo do forno, deixe esfriar sobre uma gradinha e corte em quadrados para servir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial